Brexit: Portugal vai lançar campanha para não perder turistas ingleses

  • Ana Luísa Alves
  • 27 Setembro 2016

Contrariamente ao que foi dito a semana passada, a secretária de Estado do Turismo reconheceu que o Brexit vai ter impacto e, por isso, vai ser lançada uma campanha de promoção de Portugal.

Vai ser feita uma campanha para não perder turistas ingleses em Portugal, no momento em que se aproxima o “divórcio” entre o Reino Unido e a União Europeia (UE). Esta informação, revelada esta terça-feira, pela secretária de Estado do Turismo, vem contrariar aquilo que a própria Ana Mendes Godinho, disse, a semana passada, à Bloomberg.

Na passada quinta-feira, Ana Mendes Godinho disse acreditar que a saída do Reino Unido da UE não ia afetar o turismo britânico por terras lusas. Isto porque, segundo a secretária de Estado, o mercado britânico está em crescimento e a relação entre Portugal e o Reino Unido é “muito forte há vários anos”.

Poucas semanas depois de se ter tornado pública a decisão de o Reino Unido de sair da UE, os responsáveis do setor turístico e o Governo reuniram-se para rever e definir a estratégia do país para não perder os turistas britânicos.

Agora, em entrevista à TSF e ao Diário de Notícias, Ana Mendes Godinho disse que o Governo vai lançar uma campanha de sensibilização em Inglaterra, de forma a desvalorizar eventuais efeitos da saída da UE, e como solução para continuar a ter o mercado britânico como um dos principais emissor.

Embora ainda não tenha sido adiantada a data da campanha, esta deverá vai coincidir com o momento em que se der o “divórcio” formal entre o Reino Unido e a UE, no início de 2017. A promoção terá por base a ideia “da mais velha aliança na Europa” e a secretária de Estado refere que vai ser aproveitada como um “ativo de estabilidade com o mercado do Reino Unido”. “Sabemos que estas questões das expectativas têm muita influência nas decisões dos turistas”, acrescenta.

Editado por Mónica Silvares

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Brexit: Portugal vai lançar campanha para não perder turistas ingleses

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião