Santander à espera de 250 milhões por causa do Banif

  • ECO
  • 19 Dezembro 2016

Passou um ano desde a resolução do Banif e venda ao Santander Totta, mas o Estado ainda deve 250 milhões de euros ao banco liderado por Vieira Monteiro.

Foi há um ano que o Governo anunciou a resolução do Banif. Ao mesmo tempo, foi feita a venda do banco ao Santander Totta, mas um ano depois ainda há contas a acertar entre o Estado e o banco liderado por Vieira Monteiro.

O Estado ainda deve 250 milhões de euros ao Santander, por via de deduções fiscais que o banco de capitais espanhóis garantiu ao comprar o Banif por 150 milhões de euros, conta o Público.

Ficou estipulado que o banco podia usar em seu benefício os prejuízos fiscais gerados pelo banco intervencionado. Ao todo, são 250 milhões de euros, mas que o Santander Totta ainda não pode usar para compensar lucros tributáveis futuros por ausência de luz verde das Finanças.

De acordo com o Santander, “caso não seja obtido o despacho favorável do ministro das Finanças ao requerimento” apresentado, o banco “tem direito a receber um montante equivalente em obrigações do tesouro ou numerário”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Santander à espera de 250 milhões por causa do Banif

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião