Costa recusa crispação entre órgãos de soberania

  • Lusa
  • 9 Março 2017

O primeiro-ministro felicitou o Presidente da República pelo seu primeiro ano de mandato, sublinhando que este foi “um ano exemplar de cooperação entre os órgãos de soberania".

O primeiro-ministro, António Costa, felicitou hoje desde Bruxelas o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pelo seu primeiro ano de mandato, sublinhando que este foi “um ano exemplar de cooperação entre os órgãos de soberania”.

Em declarações aos jornalistas em Bruxelas (Bélgica), onde se encontra para participar entre hoje e sexta-feira numa cimeira de chefes de Estado e de Governo da União Europeia, o primeiro-ministro disse querer “felicitar publicamente” o Presidente da República, algo que já teve “oportunidade de fazer por telefone”, e destacou o contributo de Marcelo Rebelo de Sousa para o clima de “paz social” que se vive em Portugal.

Tem sido um ano exemplar de cooperação entre os órgãos de soberania e é com grande apreço que vemos a forma como o professor Marcelo Rebelo de Sousa tem contribuído positivamente para termos um clima de descrispação, de paz social, que tem sido essencial, a par da viragem da página da austeridade, para criar um novo clima de confiança no país, que tem motivado o crescimento do investimento e também o crescimento económico e o crescimento do emprego”, declarou.

António Costa acrescentou que aquilo que deseja a Marcelo Rebelo de Sousa “é os maiores sucessos na continuação deste seu mandato”.

Comentários ({{ total }})

Costa recusa crispação entre órgãos de soberania

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião