Morreu Simone Veil, a primeira mulher a presidir ao Parlamento Europeu

  • ECO
  • 30 Junho 2017

Simone Veil, a primeira mulher presidente do Parlamento Europeu, morreu esta sexta-feira aos 89, em sua casa, em França.

Simone Veil preside a uma sessão no Parlamento Europeu no dia 12 de outubro de 1979.Wikimedia Commons

Simone Veil, a primeira mulher presidente do Parlamento Europeu, morreu esta sexta-feira aos 89 anos, em sua casa. O falecimento foi anunciado pelo seu filho, Jean Veil, à Agência France Press. “A minha mãe morreu esta manhã em sua casa. Faria 90 anos no dia 13 de julho.” Veil encontrava-se internada há alguns dias por problemas respiratórios.

Veil foi ministra da Saúde do governo de Jacques Chirac e deixou uma marca forte no sistema de saúde francês por ter despenalizado a prática da interrupção voluntária da gravidez, em 1975. No seu mandato, fez questão de facilitar o acesso à contraceção. Presidiu entre 1979 e 1982 o Parlamento Europeu, tendo sido a primeira mulher a ocupar este cargo.

Em 1944, foi capturada pelo exército nazi e transferida para o campo de concentração de Auschwitz-Birkenau. Da sua família, apenas ela e as suas irmãs conseguiram escapar. O atual presidente francês, Emmanuel Macron, já expressou as suas condolências através do Twitter, esperando que o seu exemplo “inspire os compatriotas”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Morreu Simone Veil, a primeira mulher a presidir ao Parlamento Europeu

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião