Todos os carros da Volvo vão ser elétricos a partir de 2019

  • ECO
  • 5 Julho 2017

A fabricante de automóveis vai adotar motores elétricos como a norma a partir de 2019. É a primeira fabricante a mover para uma produção total de motores elétricos ou híbridos.

A Volvo anunciou que a partir de 2019 todos os seus automóveis vão passar a ter motores elétricos, seja totalmente, seja em formato híbrido. Até 2025, a Volvo planeia ter vendido um milhão de carros elétricos.

O CEO da Volvo, citado pelo Financial Times, afirmou que o anúncio da empresa “marca o fim do motor exclusivamente de combustão interna”. Os automóveis produzidos pela Volvo passarão a ter motores exclusivamente elétricos, híbridos plug-in, ou híbridos com um pequeno motor a gasolina combinado com uma bateria.

“A Volvo disse que planeava vender um milhão de carros elétricos até 2025. Quando o dissemos, estávamos a falar a sério. É assim que o vamos fazer”, reiterou o CEO Hakan Samuelsson.

A Volvo, de origem sueca, foi adquirida em 2010 pela empresa chinesa Geely. Os novos donos chineses estão a impulsionar a aposta nos carros elétricos, já que a China é o país com mais vendas deste tipo de carro.

Cerca de 265 mil veículos totalmente elétricos foram vendidos na China em 2016 — na Europa, o número fica-se pelos 110 mil, escreve o Financial Times com base no EV-Volumes.com.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Todos os carros da Volvo vão ser elétricos a partir de 2019

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião