Soares dos Santos: “Sou a favor de um salário mínimo mais alto do que este”

  • ECO
  • 21 Setembro 2017

O líder histórico da Jerónimo Martins defende que o salário mínimo em Portugal deva ser mais alto do que os atuais 557 euros.

Alexandre Soares dos Santos foi o convidado do novo programa ECO24.Paula Nunes / ECO

Alexandre Soares dos Santos é a favor de um salário mínimo “muito mais alto” do que o atual, ainda que não tenha especificado o valor exato. Atualmente, o salário mínimo está nos 557 euros, após ter aumentado em 2017, e prevê-se que chegue aos 600 euros até ao final da legislatura.

“Sou a favor de um salário mínimo mais alto do que este porque as pessoas têm de viver com dignidade”, afirmou esta quarta-feira à noite na estreia do programa de televisão ECO24, emitido na TVI24. Contudo, o líder histórico da Jerónimo Martins avisa que o aumento do salário mínimo “impõe uma maior responsabilidade” aos trabalhadores portugueses.

Nunca falamos em Portugal na taxa de absentismo. A taxa de absentismo na maior parte das empresas é enorme”, criticou Soares dos Santos na mesma entrevista. No entanto, tal não acontece na Jerónimo Martins, a multinacional que detém a cadeia de supermercados Pingo Doce. Na ótica do empresário isso deve-se a uma política salarial diferente.

Sou a favor de um salário mínimo mais alto do que este porque as pessoas têm que viver com dignidade.

Alexandre Soares dos Santos

Líder histórico da Jerónimo Martins

Essa estratégia passa por um salário, mas também por prémios. “Os prémios são pelas vendas mensais, pela presença, pela queda de inventários ser reduzida“, explicou Soares dos Santos, assinalando que, no mínimo, um operador de caixa do Pingo Doce recebe 800 euros.

No entanto, admitiu que nos primeiros seis meses é normal que os trabalhadores ganhem o salário mínimo. “É o ponto de partida para vermos quem é o candidato”, classificou. Soares dos Santos alertou que a “mão-de-obra não qualificada acabou” e, por isso, o Estado e as empresas devem investir cada vez mais em educação especializada e técnica.

Uma das sugestões deixada por Alexandre Soares dos Santos é a distribuição de dividendos aos trabalhadores. “Sou a favor de um dividendo. Isto tem de ser regulado fiscalmente. Já propusemos a dois governos para que quem investe os dividendos distribuídos possa ter um IRS mais baixo“, explicou o empresário. Contudo, Soares dos Santos admite que estas “novas ideias” vão contra o “conservadorismo” presente no país.

Comentários ({{ total }})

Soares dos Santos: “Sou a favor de um salário mínimo mais alto do que este”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião