EDP Renováveis ganha contratos para 218 MW eólicos no Brasil

  • Lusa
  • 20 Dezembro 2017

A empresa garantiu contratos de aquisição de energia a 20 anos num leilão realizado no Brasil, sendo que se espera que a entrada em operação dos parques eólicos ocorra em janeiro de 2023.

A EDP Renováveis garantiu hoje contratos de aquisição de energia a 20 anos num leilão realizado no Brasil para produção de 218 megawatts (MW) de energia eólica.

Em comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP Renováveis, subsidiária controlada em 82,6% pela EDP, através da EDP Renováveis Brasil, explica que a energia renovável será produzida por dois parques eólicos a instalar no Estado brasileiro do Rio Grande do Norte. Mais precisamente, segundo a EDP Renováveis, em Santa Rosa e no Mundo Novo, com uma capacidade registada de 121,8 MW e em Aventura, com uma capacidade registada de 97,1 MW, para venda de eletricidade no mercado regulado.

“O preço inicial atribuído aos contratos de longo prazo foi estabelecido em 99 reais MW/hora (25,27 euros MW/hora) e 97 reais MW/hora (24,8 euros MW/hora), respetivamente”, lê-se no comunicado. Ambas as tarifas estão indexadas à taxa de inflação brasileira, sendo que se espera que a entrada em operação dos parques eólicos ocorra em janeiro de 2023.

“Com este novo acordo, a EDP Renováveis já garantiu contratos de aquisição de energia para 482 MW de projetos de energia eólica no Brasil (atualmente em construção ou em desenvolvimento) para iniciar as operações em 2017, 2018 e 2023”, lê-se também no comunicado.

Através do “êxito alcançado” no leilão de hoje, a EDP Renováveis refere igualmente no comunicado que “reforçou a sua presença” no mercado brasileiro, caracterizado por “um perfil de baixo risco”.

Além disso, esclarece que o reforço da sua posição se fez através da execução de contratos de aquisição de energia de longo prazo e com “um recurso renovável favorável e fortes perspetivas de crescimento no médio e longo prazo”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP Renováveis ganha contratos para 218 MW eólicos no Brasil

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião