Haitong encaixa 15,8 milhões com venda de subsidiárias

  • Juliana Nogueira Santos
  • 10 Janeiro 2018

A venda das subsidiárias de Londres e Hong Kong trará ao Haitong uma mais-valia de até 15,8 milhões. A operação estará concluída nos próximos cinco meses.

A venda das subsidiárias de Londres e de Nova Iorque, anunciada em meados do mês de dezembro, permitirá ao Haitong Bank encaixar 15,8 milhões de euros. O valor foi divulgado esta quarta-feira aos mercados, através de um comunicado.

“O Haitong Bank vem informar que, caso as transações se concretizem pelos valores indicados, o banco terá uma mais-valia potencial de 15,8 milhões de euros”, pode ler-se no documento, divulgado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Segundo o mesmo, “os valores apresentados são valores máximos, meramente indicativos“.

O banco de investimento decidiu alienar a totalidade do capital social do Haitong Securities USA LLC, da Haitong (UK) Limited e da Haitong Securities (UK) Limited, ainda assim, vão continuam dentro do grupo chinês. As operações destas subsidiárias deixam de contar para os resultados do Haitong em Portugal e passam a ser contabilizadas pela Haitong International Limited.

O Haitong prevê ainda que a operação esteja concluída “num período máximo de seis meses contados a partir da data de 15 de dezembro de 2017.”

Está em curso um plano de reestruturação do Haitong Bank, que implicou a descontinuação de algumas operações e ainda a saída de trabalhadores do banco. Os resultados agravaram-se de forma séria na primeira metade do ano, refletindo a dificuldade do antigo BESI em encontrar um modelo de negócio para gerar receitas.

Entre janeiro e junho de 2017, o Haitong Bank registou prejuízos de quase 80 milhões de euros, depois de o produto bancário ter afundando 45% e os custos operacionais terem aumentado em função do plano de reestruturação.

(Notícia atualizada às 15h30 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Haitong encaixa 15,8 milhões com venda de subsidiárias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião