Fidelidade vendeu 49% da Luz Saúde por 267 milhões

  • ECO
  • 26 Fevereiro 2018

A venda foi concretizada com um prémio de 87% para a Fosun. Mas o grupo segurador garante que a operação cumpriu as regras e foi devidamente auditada.

A Fidelidade vendeu 49% da Luz Saúde à sua acionista Fosun por 267 milhões de euros. Um prémio de 87% face ao valor de mercado. Mas o grupo segurador diz que a operação, assinada em outubro e apenas concretizada no início deste ano, cumpriu as regras e foi devidamente auditada.

Segundo o Jornal de Negócios (acesso pago), foi a 15 de janeiro que a Fidelidade vendeu, fora do mercado regulamentado, perto de 47 milhões de ações da Luz Saúde, o que corresponde a 49% do capital. Cada título foi alienado a 5,71 euros, um valor superior aos 5,01 euros que a Fidelidade pagou por cada título na oferta pública de aquisição, em 2014. Nesse dia, as ações fecharam a valer 3,06 euros. Ou seja, a Fosun teve um prémio de 87% face à cotação de mercado.

"Esta transação seguiu o protocolo estabelecido para empresas relacionadas tendo o negócio sido alvo de uma ‘super’ maioria no conselho da administração onde estavam representados os dois maiores acionistas, Fosun e CGD.”

Fidelidade

A Fidelidade defende que “esta transação seguiu o protocolo estabelecido para empresas relacionadas tendo o negócio sido alvo de uma ‘super’ maioria no conselho da administração onde estavam representados os dois maiores acionistas, Fosun e CGD”.

O contrato de venda de ações foi assinado no final do ano passado, a 26 de outubro, mas a operação só foi concretizada a 15 de janeiro. A Fidelidade fica assim com 49,7881% da dona do Hospital da Luz. Isto enquanto a a Fosun International, acionista com 85% da seguradora, fica com 49% da Luz Saúde — é a segunda maior acionista.

Comentários ({{ total }})

Fidelidade vendeu 49% da Luz Saúde por 267 milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião