BNP Paribas deixa de ter posição qualificada nos CTT

O banco francês vendeu a maioria das ações que detinha nos CTT, passando de uma participação de 4,85% para uma de 1,96%. Deixa de ter uma posição qualificada na empresa.

O banco francês BNP Paribas reduziu a posição que detinha nos CTT , de 4,85% para 1,96%, deixando de ter uma posição qualificada na empresa liderada por Francisco de Lacerda. A informação foi comunicada pelos Correios num comunicado enviado à CMVM.

Segundo a mesma nota, a instituição com sede em Paris baixou o limiar dos 2% na passada terça-feira. Era um dos cinco maiores acionistas dos CTT CTT 0,00% , segundo dados do início deste mês.

Esta notícia surge numa altura especialmente sensível para os Correios. A empresa reportou no passado dia 7 de março uma queda histórica nos lucros relativos ao ano passado: o resultado líquido da empresa afundou 56% para 27,3 milhões de euros, face à queda constante no volume do correio devido à digitalização das comunicações.

Além disso, a empresa encontra-se a levar a cabo um plano de reestruturação para fazer face a essa queda. Não só tem vindo a alienar ativos imobiliários como quer cortar em 1.000 postos de trabalho até ao final desta década. Durante este primeiro trimestre, a empresa liderada por Francisco de Lacerda deverá fechar até 22 lojas da empresa, como o ECO noticiou em exclusivo no início do ano.

(Notícia atualizada às 17h44 com mais informações)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BNP Paribas deixa de ter posição qualificada nos CTT

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião