BCE já gastou 1.994.718.000.000 euros a comprar dívida. Sim, leu bem, são quase dois biliões

Fez em março três anos de vida do programa de compra que terá salvado o projeto do euro. Desde 2015, o BCE já investiu dois biliões de euros em dívida da região. Menos de 2% foi aplicado em Portugal.

Desde março de 2015, o Banco Central Europeu (BCE) já adquiriu dois biliões de euros em obrigações dos governos da Zona Euro. Mas menos de 2% das aquisições foram feitas em Portugal, segundo os dados publicados esta quarta-feira pela instituição liderada por Mario Draghi.

No mês passado, quando se cumpriu terceiro aniversário do programa de compras de ativos no setor público, o banco central comprou 462 milhões de euros em títulos de dívida de Portugal. Entretanto, já acumula 32,8 mil milhões de euros de dívida portuguesa no âmbito deste programa.

Foi com este agressivo quantitative easing que o italiano terá salvado o projeto do euro, tal como o conhecemos. Quando o plano foi para o terreno, em março de 2015, havia dúvidas acerca da permanência da Grécia na moeda única europeia e a própria economia da região teimava em não emergir da crise financeira e soberana. Entretanto, 1.994.718.000.000 euros e três anos depois, os gregos continuam de pedra e cal na Zona Euro, que cresceu 2,5% em 2017 e vai continuar a crescer.

Balanço do BCE engordou com a crise

O programa tem sido ajustado ao longo do tempo. Já chegou a comprar 80 mil milhões de euros por mês, mas apresenta atualmente um ritmo mensal de 30 mil milhões de euros, montante que se manterá até setembro deste ano, quando está previsto o fim do programa.

Os alemães, que têm sido um dos principais críticos da manutenção destas compras, são também os que mais beneficiaram da bazuca do BCE. Quase 500 mil milhões de euros em dívida alemã está nos cofres da autoridade monetária, cerca de 24% do montante que o BCE já investiu. A seguir vem França e Itália, onde o banco central já investiu 390 mil milhões e 337 mil milhões de euros, respetivamente.

Em relação a Portugal, 32,8 mil milhões de euros já investidos no mercado de dívida nacional representam apenas 1,6% do total das aplicações do chamado Public Sector Programme Purchasing (PSPP). Este programa tem um conjunto de regras que limitam quanto é que o BCE pode comprar em cada país.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCE já gastou 1.994.718.000.000 euros a comprar dívida. Sim, leu bem, são quase dois biliões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião