Autoeuropa paga domingos só com uma folga extra por mês

  • ECO
  • 29 Maio 2018

Organização dos 19 turnos de trabalho na fábrica de Palmela após férias de agosto desagrada aos trabalhadores. Já se fala de nova greve. Administração admite mais investimentos.

Os trabalhadores da Autoeuropa só vão ter um dia de folga adicional por trabalharem aos domingos na sequência dos novos horários que vão entrar em vigor na fábrica de Palmela depois das férias de agosto. A compensação está a gerar descontentamento junto da comissão de trabalhadores e sindicato. Em cima da mesa está a possibilidade de uma nova greve a 9 de junho, avança esta terça-feira o Dinheiro Vivo.

Os cerca de 5.700 funcionários vão ter uma folga extra semanal vai ser atribuída a cada quatro semanas, revela uma nota interna a que o jornal teve acesso, e têm uma remuneração idêntica à dos dias úteis. Contudo, recebem um dia de salário adicional por mês por cada dois turnos ao fim de semana e “serão ainda pagos 25% trimestralmente de acordo com o cumprimento do volume de produção”, revela a mesma nota.

Os novos horários determinam ainda que a fábrica vai ter 19 turnos de trabalho: três de segunda a sexta e dois ao fim de semana. Os operários vão trabalhar cinco dias por semana com direito a duas folgas consecutivas, uma das exigências desde o início das negociações. Estes dias de descanso serão gozados ao sábado e domingo de duas em duas semanas.

O sindicato SITE-Sul, afeto à CGTP chumba esta proposta e incita os trabalhadores a fazer uma nova greve a 9 de junho, o dia da manifestação da CGTP em Lisboa. “O valor da compensação financeira pela prática do novo horário fica muito aquém das expectativas dos trabalhadores e do que a empresa e o Grupo VW podem pagar”, defende o sindicato em comunicado, citado pelo Dinheiro Vivo. Uma posição que é acompanha pela comissão de trabalhadores, agora liderada por Fausto Dionísio, porque “os valores e condições apresentadas continuam insuficientes tendo em conta as expectativas dos trabalhadores”.

O valor da compensação financeira pela prática do novo horário fica muito aquém das expectativas dos trabalhadores e do que a empresa e o Grupo VW podem pagar.

Comunicado do SIT-SUL

Apesar das ameaças de paralisação, o grupo Volkswagen poderá reforçar o investimento na fábrica de Palmela por causa do SUV T-Roc. A hipótese é admitida pela própria administração numa nota enviada aos funcionários: “De modo a que as atuais restrições técnicas não sejam um obstáculo ao crescimento da fábrica, estamos já a analisar novos investimentos”. Fonte oficial, ao Dinheiro Vivo, disse apenas que os investimentos do último ano e meio nas áreas da carroçaria e da pintura, vão permitir novo aumento de produção.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Autoeuropa paga domingos só com uma folga extra por mês

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião