Jaime Marta Soares reitera realização de assembleia geral do Sporting de dia 23

  • Lusa
  • 12 Junho 2018

O presidente demissionário da Mesa da Assembleia Geral do Sporting reiterou esta terça-feira a realização da reunião plenária de dia 23 de junho, mesmo sem a colaboração do Conselho Diretivo.

O presidente demissionário da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, Jaime Marta Soares, reiterou esta terça-feira, em comunicado, a realização da reunião plenária de dia 23 de junho, mesmo sem a colaboração do Conselho Diretivo.

“Esclarece-se, de todo o modo, que a assembleia geral convocada irá realizar-se ainda que o Conselho Diretivo continue a incumprir com o seu dever de colaboração para a organização e realização da Assembleia Geral, órgão máximo do clube”, pode ler-se no documento enviado por Marta Soares.

Num comunicado com nove pontos, o presidente da MAG reforça as razões para realizar a assembleia geral, que classifica como a “única atualmente convocada de forma legítima, legal e estatutária”, para as 14h00 de dia 23 deste mês, no Altice Arena.

Marta Soares diz ter “desde 24 de maio” um requerimento para “a deliberação da revogação do mandato dos membros do atual Conselho Diretivo”, liderado por Bruno de Carvalho, com mais de três mil assinaturas, e acrescenta que recebeu entretanto “mais requerimentos com o mesmo teor”.

“Como é do conhecimento público, foi já feita uma tentativa de validação da totalidade das assinaturas constantes do requerimento recebido, tendo sido impedida pelo Conselho Diretivo a colaboração dos serviços do Clube necessária para se proceder a essa validação”, denunciou o presidente da MAG.

Marta Soares asseverou ainda manter “a intenção de proceder à validação dessas assinaturas” antes da assembleia geral, e diz aguardar que o Conselho Diretivo autorize os serviços para um dever que “cabe exclusivamente ao presidente da Mesa”.

A fechar, o presidente da MAG reforça que a palavra será entregue aos sócios, que a pediram “nos termos estatutários”, para “os efeitos que entenderam necessários, e no estrito cumprimento da lei e dos Estatutos do Clube, pois o Sporting é uma unidade indivisível constituída pela totalidade dos seus associados”.

Na segunda-feira, Marta Soares revelou que iria avançar “com duas providências cautelares para garantir tudo o que é importante e fundamental em todas as áreas, não só a segurança, para que a assembleia geral do dia 23 de junho se realize”.

“Sou o presidente da MAG em exercício e cumpri sempre os estatutos”, frisou, reafirmando que as assembleias gerais anunciadas por Bruno de Carvalho, presidente da direção do clube, para 17 de junho e 21 de julho “terão resultados nulos e sem nenhum efeito”.

Comentários ({{ total }})

Jaime Marta Soares reitera realização de assembleia geral do Sporting de dia 23

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião