Facebook em queda com investigação aos dados. Nasdaq recua

Mais três agências vão ter nas mãos o caso do uso indevido de dados pelo Facebook, notícia que está a dar perdas de mais de 1% à rede social. Nasdaq cai em dia positivo para os restantes índices.

As ações do Facebook estão sob pressão esta terça-feira, isto depois de se saber que a investigação sobre as alegadas violações de dados pessoais de milhões utilizadores da rede social, que envolve também a Cambridge Analytica, vai ser alargada para incluir mais agências do Governo dos EUA. A queda de 1% nos títulos da empresa está a arrastar o Nasdaq para terreno negativo, num dia em que os restantes índices estão em alta.

O escândalo da Cambridge Analytica continua a fazer mossa na empresa liderada por Mark Zuckerberg. Desta vez, segundo a Reuters, está em causa um alargar do âmbito da investigação que incide sobre a alegada violação de dados de 87 milhões de utilizadores da plataforma. Depois do Departamento de Justiça, outras três agências estatais vão ter o dossiê nas mãos. Uma delas é o regulador dos mercados financeiros.

Face a esta notícia, as ações do Facebook estão a cair 1,02% para 195,34 dólares, arrastando o índice tecnológico para perdas e travando os ganhos que estão a ser registados nesta sessão.

Enquanto o Nasdaq recua 0,06%, o industrial Dow Jones soma mais de 0,5%. Já o índice de referência S&P 500 valoriza 0,31%, estendendo os ganhos registados na sessão anterior, mesmo com os receios em torno da escalada das tensões comerciais entre os EUA e os parceiros da China e da União Europeia.

Os índices norte-americanos estão a acompanhar a tendência positiva que se faz sentir deste lado do Atlântico. Desde logo, a Boeing, que foi das empresas mais pressionadas pelo mal-estar dos investidores em torno das questões comerciais, está a avançar 0,59% para 338,08 dólares por ação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Facebook em queda com investigação aos dados. Nasdaq recua

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião