Lusitania vai apresentar defesa a acusação da AdC

A Lusitania confirma que foi notificada pela AdC, no âmbito de uma investigação sobre práticas concorrenciais. Seguradora diz que vai apresentar defesa e garante que está disponível para colaborar.

A Lusitania confirmou esta quarta-feira à tarde, em comunicado, ter sido notificada pela Autoridade da Concorrência (AdC) de uma nota de ilicitude, no âmbito de uma investigação sobre práticas concorrenciais.

No comunicado, a seguradora diz que está “a analisar a documentação recebida para, nos termos legais, apresentar a respetiva defesa”.

Um dia depois de a Autoridade para a Concorrência ter acusado cinco seguradoras de formarem um cartel de repartição de mercado, a Lusitania garante que esteve sempre disponível e “continuará a estar, para prestar todos os esclarecimentos e colaboração que a Autoridade da Concorrência entenda necessários para o cumprimento da sua missão”.

A seguradora garante que a sua atuação no mercado “é pautada pelo mais estrito e rigoroso cumprimento das regras legais e regulamentares aplicáveis ao setor segurador, mantendo na relação com os seus parceiros e clientes uma conduta transparente e de grande profissionalismo”.

“A Lusitania tem procurado ainda contribuir para o fortalecimento e sustentabilidade do setor, ciente dos grandes desafios que o mesmo enfrenta e as preocupações regulatórias que vêm sendo transmitidas pela respetiva Autoridade, dados os desequilíbrios técnicos que ainda persistem, designadamente em Acidentes de Trabalho e Automóvel”, refere ainda a seguradora.

Este comunicado surge depois de a AdC ter, esta terça-feira, acusado cinco seguradoras de cartel para repartição de mercado. As seguradoras em causa são a Fidelidade, Multicare-Seguros de Saúde, Lusitania, Seguradoras Unidas e a sucursal em Portugal da seguradora suíça Zurich.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lusitania vai apresentar defesa a acusação da AdC

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião