Administradora financeira da Huawei detida no Canadá. Mercados receiam fim da trégua na guerra comercial

  • ECO e Lusa
  • 6 Dezembro 2018

Wanzhou Meng está detida sob suspeita de ter violado sanções impostas pelos Estados Unidos ao Irão. Detenção está a deixar os mercados nervosos.

As autoridades canadianas detiveram, no sábado, a administradora financeira da chinesa Huawei Technologies, Meng Wanzhou, que agora enfrenta a possibilidade de ser extraditada para os Estados Unidos. A detenção acontece por suspeita da filha do criador da Huawei ter violado sanções impostas pelo Governo norte-americano ao Irão. Os mercados receiam que o episódio ponha em causa as tréguas na guerra comercial sino-americana e já estão a reagir negativamente.

O stoxx 600, no início da sessão, (às 8h12 TMG) estava a cair 1,2% com os receios de que a tensão entre os Estados Unidos e a China se volte a agudizar.

O Departamento de Justiça do Canadá confirmou que os EUA solicitaram a extradição de Wanzhou Meng, que tem uma audiência marcada para esta sexta-feira. E as autoridades chinesas já pediram a libertação imediata da CFO da Huawei.

A Huawei confirmou, entretanto, a prisão de Meng e afirmou que a companhia tem poucas informações acerca do caso. “Não estamos cientes de nenhum comportamento ilegal cometido por Meng. A empresa acredita que a justiça canadiana e norte-americana vão chegar a uma conclusão justa”, diz.

A embaixada da China no Canadá veio já pedir a libertação imediata a dirigente da Huawei. Em comunicado, garantem que vão acompanhar de “perto o desenvolvimento desta questão” e tomarão “medidas para proteger resolutamente os legítimos direitos e interesses dos cidadãos chineses”. No mesmo documento, a China “opõe-se com firmeza e protesta com energia” à detenção “que prejudicou gravemente os direitos humanos da vítima”.

Comentários ({{ total }})

Administradora financeira da Huawei detida no Canadá. Mercados receiam fim da trégua na guerra comercial

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião