É oficial. Telepizza e Pizza Hut fecham aliança estratégica

  • Lusa
  • 18 Dezembro 2018

O grupo Telepizza fechou, esta terça, um acordo com a Pizza Hut, tornando-se o principal operador de pizza a nível mundial e no maior franquiado de Pizza Hut, por número de lojas.

O Grupo Telepizza e a Pizza Hut fecharam, esta terça-feira, oficialmente a sua aliança estratégica, que prevê a abertura de 1.300 lojas da Telepizza na próxima década, especificamente nos mercados abrangidos pelo acordo, entre os quais Portugal.

Com este acordo, refere a Telepizza no comunicado divulgado, o grupo torna-se no “principal operador de pizza a nível mundial e no maior franquiado de Pizza Hut por número de lojas”.

A Telepizza adianta que com o acordo, que entrará em vigor no próximo dia 30, “inicia-se uma nova era para o grupo”, que “duplica o número de estabelecimentos para mais de 2.500 lojas e fixa em 100 milhões de euros a sua proposta de EBITDA [lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização] para 2021”.

Este crescimento, refere o grupo, significa aumentar a sua presença internacional, ao operar em cerca de 37 países, atingindo um mercado potencial de 500 milhões de consumidores.

Além disto, “com a assinatura da aliança, está prevista a abertura de 1.300 lojas do Grupo Telepizza na próxima década, especificamente nos mercados abrangidos pelo acordo: Espanha, Portugal, América Latina (excluindo o Brasil), Caribe e Suíça”.

O presidente e presidente executivo da Telepizza, Pablo Juantegui, afirmou, citado no comunicado, que esta aliança coloca o grupo “numa posição privilegiada para enfrentar os desafios do futuro no que diz respeito ao setor de ‘Quick Service Restaurant’” e representa “um grande passo para continuar a liderar o mercado”.

“Aproveitando a forte experiência dos nossos franquiados Pizza Hut, esperamos que esta aliança acelere o crescimento da Pizza Hut, graças ao melhor de cada um”, disse o diretor global de expansão da Pizza Hut, Enrique Ramírez, também citado no comunicado.

O acordo entre as duas empresas, anunciado em maio, foi autorizado pela Comissão Europeia no início deste mês.

Antes, a aliança havia sido aprovada por 100% dos acionistas na assembleia-geral da Telepizza, realizada em junho, em Madrid.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

É oficial. Telepizza e Pizza Hut fecham aliança estratégica

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião