5 coisas que vão marcar o dia

No dia em que a Comissão Europeia divulga a sua Previsão Económica Intercalar de Inverno, Paulo Macedo vai ao Parlamento prestar esclarecimentos sobre a auditoria à CGD. Vítor Constâncio dá lição.

Esta quinta-feira vai ficar marcada pela divulgação da Previsão Económica Intercalar de Inverno da Comissão Europeia e pela audição de Paulo Macedo na Assembleia da República. A ACAP apresenta o balanço do ano de 2018 e Vítor Constâncio dá uma lição sobre os 20 anos do euro. Já Theresa May vai a Bruxelas.

Como evoluirá a economia da Zona Euro? E a lusa?

A Comissão Europeia publica, esta quinta-feira, a Previsão Económica Intercalar de Inverno. No seu relatório mais recente (as previsões económicas de outono), Bruxelas tinha estimado que a Zona Euro veria o seu crescimento económico fixar-se nos 2,1%, em 2018. Em 2019, a Comissão Europeia antecipara um crescimento de 1,9% e, em 2020, de 1,7%. A mesma tendência era esperada ao nível da União Europeia. Por sua vez, Portugal deveria fechar o último ano a crescer 2,2%, abrandando para 1,8% em 2019. Esta quinta-feira, após a publicação das previsões de Inverno, o comissário Pierre Moscovici (responsável pelos Assuntos Económicos e Financeiros, Fiscalidade e União Aduaneira) presta esclarecimentos aos jornalistas, pelas 10h00 de Lisboa.

Paulo Macedo vai ser ouvido no Parlamento

O presidente da Comissão Executiva da Caixa Geral de Depósitos vai, esta quinta-feira, ao Parlamento. Paulo Macedo vai ser questionado pelos deputados da Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa sobre o relatório final da auditoria à EY aos atos de gestão do banco público, que foi entregue na Assembleia da República sexta-feira. O documento de 263 páginas omite, contudo, todos os detalhes sobre os grandes devedores. Na versão preliminar dessa auditoria, a CGD reconhecia perdas de quase 1.200 milhões de euros em 46 financiamentos, nas quais não foram cumpridas as normas de concessão de crédito.

ACAP faz balanço anual do mercado automóvel

A Associação Automóvel de Portugal (ACAP) apresenta, esta quinta-feira, o balanço anual do setor. Em termos de produção, no ano passado foram fabricados 294.470 carros (ligeiros e pesados), tendo mais de metade desses veículos sido equipados com motores a gasolina. Do lado do consumo, as vendas voltaram a aumentar pelo sexto ano consecutivo. Foram vendidos 273.213 novos veículos em Portugal no conjunto do ano passado, o que representa um aumento de 2,6%. A ACAP divulga este balanço uma semana depois de o ministro Matos Fernandes ter defendido que “quem comprar um carro diesel muito provavelmente daqui a quatro ou cinco anos não vai ter grande valor de troca”, o que fez tremer o setor.

Vítor Constâncio dá lição sobre “Os 20 anos do euro”

O ex-vice-presidente do Banco Central Europeu Vítor Constâncio dá, esta quinta-feira, uma lição sobre “Os 20 anos do euro”. Isto no âmbito da sessão solene anual do ISEG, na qual participam também o Presidente da República e o primeiro-ministro. Recorde-se que o euro foi lançado em janeiro de 1999. Nos três anos seguintes, esta moeda tornou-se uma divisa invisível, isto é, era apenas usada para fins contabilísticos. Só em 2002 começou a circulação das notas e moedas de euros.

Juncker recebe Theresa May

Depois do Parlamento britânico ter aprovado uma proposta que prevê a substituição do backstop na fronteira das Irlandas por “disposições alternativas”, Theresa May encontra-se com o presidente da Comissão Europeia, esta quinta-feira. Juncker deverá discutir com a primeira-ministra britânica os novos termos da saída do Reino Unido da União Europeia, depois do anterior acordo ter sido chumbado pelos deputados britânicos. Da parte da tarde, May reúne-se com Doanld Tusk, o presidente do Conselho Europeu. Esta negociação acontece numa espécie de contra relógio, já que o divórcio é concretizado a 29 de março.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião