Portugal vai emitir dívida a 15 anos. Quer até mil milhões de euros

A agência liderada por Cristina Casalinho anunciou um duplo leilão de obrigações do Tesouro com maturidades em 2029 e 2034. Há mais de 10 anos que Portugal não colocava dívida a 15 anos.

O Tesouro português vai regressar, na próxima quarta-feira, ao mercado de dívida. A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública – IGCP anunciou, esta sexta-feira em comunicado, um duplo leilão de obrigações do Tesouro (OT), a 10 e a 15 anos. Este é o primeiro leilão de OT realizado este ano pela agência, que já fez uma venda sindicada e uma operação de troca destes ativos em 2019.

“O IGCP vai realizar no próximo dia 13 de fevereiro pelas 10h30 dois leilões das OT com maturidade em 15 de junho de 2029 e 18 de abril de 2034, com um montante indicativo global entre 750 milhões e 1.000 milhões de euros“, anunciou a agência.

Desde o início do ano, o Tesouro já realizou duas operações com OT e um leilão de bilhetes do Tesouro. A primeira foi uma venda sindicada de quatro mil milhões de euros em OT a 10 anos, na qual Portugal pagou um juro inferior a 2% e em que a procura superou a oferta em cinco vezes. A 31 de janeiro, Portugal fez também uma oferta de troca de OT, numa operação que permite ao país adiar para 2028 o reembolso de 702 milhões de euros em títulos que venciam já no próximo ano.

Desde 2008 que Portugal não colocava dívida a 15 anos. O último leilão comparável com esta operação a realizar agora aconteceu no dia 14 de novembro do ano passado, num leilão a 16 anos, com base na mesma linha de dívida. Nessa operação, o Tesouro emitiu 752 milhões de euros em OT a 10 anos, tendo pago um juro de 1,908% e conseguido uma procura 1,91 vezes acima da oferta. Colocou também 498 milhões de euros em títulos a 16 anos, a uma taxa de 0,702% e com uma procura 2,33 vezes superior à oferta.

A colocação de OT portuguesas da próxima quarta-feira vai acontecer numa semana cheia para o mercado de dívida europeu. Além de Portugal, há outros três países da Zona Euro que irão emitir obrigações. Na terça-feira, é a Holanda, que pretende entre quatro e seis mil milhões de euros de dívida a 10 anos. No dia seguinte é a vez da Alemanha, que vai emitir 1,5 mil milhões de euros em Bunds que vencem em 2046, e no dia seguinte há ainda um leilão por parte do Tesouro da Irlanda, cuja maturidade e montante não são ainda conhecidos.

(Notícia atualizada às 13h40)

Comentários ({{ total }})

Portugal vai emitir dívida a 15 anos. Quer até mil milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião