Juiz manda libertar Michel Temer, ex-presidente do Brasil

Antigo presidente do Brasil foi preso quinta-feira, dia 22 de março, e o desembargador do Tribunal Regional Federal da 2.ª região determinou esta segunda-feira que fosse libertado.

O juiz desembargador do Tribunal Regional Federal da 2ª Região mandou libertar Michel Temer, ex-presidente do Brasil, detido na passada quinta-feira, dia 22, por corrupção no âmbito da Operação Lava Jato. A notícia foi avançada pelo Estadão, que acrescenta que além de Temer, foram libertadas outras seis pessoas.

O ex-presidente do Brasil foi detido por suspeita de ter recebido um suborno de um milhão de reais da Engevix numa operação que investiga também supostos crimes de cartelização e prévio ajustamento de licitações. Esta operação resultou de um processo que foi separado da Operação Lava Jato por decisão do Supremo Tribunal Federal.

O caso contra Temer e outras oito pessoas tem como base denúncias de José Antunes Sobrinho, empresário ligado à Engevix, empresa de engenharia e construção.

Comentários ({{ total }})

Juiz manda libertar Michel Temer, ex-presidente do Brasil

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião