Rebeldes conservadores e trabalhistas formam novo partido britânico

Formado por deputados conservadores que abandonaram o partido e ex-deputados do Partido Trabalhista, o Grupo Independente poderá ser o novo partido britânico.

O Grupo Independente, formado por deputados conservadores que abandonaram o partido durante as negociações para a saída do Reino Unido da União Europeia (UE) e ex-deputados do Partido Trabalhista, poderá tornar-se o novo partido britânico, avança a Sky News (acesso livre, conteúdo em inglês).

O grupo terá submetido um pedido para poder candidatar-se às eleições europeias de maio, caso o Brexit não se concretize até essa altura. Heidi Allen, antiga deputada do Partido Conservador, será a líder interina do novo partido.

“Hoje estamos perante um enorme passo no caminho do Grupo Independente para tornar-se um partido político de pleno direito. Estou muito feliz por ter sido nomeada para líder interina”, afirmou Allen.

Recorde-se que esta sexta-feira há mais um importante capítulo no conturbado processo do Brexit. A Câmara dos Comuns vai voltar a votar, pela terceira vez, no acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia. Caso o documento seja novamente chumbado, o Brexit fica marcado para o dia 12 de abril. Em caso de aprovação, a saída deverá acontecer a 22 de maio.

A iniciativa para nova votação partiu do Governo, depois de Theresa May ter anunciado que abandona o cargo de primeira-ministra caso o acordo seja aprovado pelos deputados britânicos.

Comentários ({{ total }})

Rebeldes conservadores e trabalhistas formam novo partido britânico

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião