Wall Street em alta em dia de estreia da Lyft

Há otimismo na última sessão da semana em Wall Street, no dia em que a Lyft se estreia em bolsa. Discussões "construtivas" entre EUA e China animam os investidores.

As bolsas norte-americanas estão em alta, no dia em que a Lyft se estreia em Wall Street. A animar os mercados está ainda o otimismo à volta de um possível acordo entre os Estados Unidos e a China, depois de mais uma reunião “construtiva” entre as duas maiores economias do mundo.

O S&P 500 está a valorizar 0,47% para 2.828,52 pontos, enquanto o industrial Dow Jones sobe 0,46% para 25.834,98 pontos. A acompanhar esta tendência está o índice tecnológico Nasdaq que soma 0,65% para 7.719,02 pontos, no dia em que recebe uma nova cotada.

Na última sessão da semana, os investidores estão à espera da Lyft. A rival da Uber estreia-se em bolsa esta sexta-feira, avaliada em 24,3 mil milhões de dólares (21,6 mil milhões de euros). Esta entrada para Wall Street acontece no âmbito de um IPO que permitiu à empresa angariar 2,34 mil milhões de dólares (2,08 mil milhões de euros). Cada ação chega ao mercado a 72 dólares.

Este sentimento positivo que paira em Nova Iorque deve-se também às declarações do secretário do Tesouro dos Estados Unidos, após uma visita à China. Embora as negociações comerciais entre os dois países tenham terminado sem um acordo, Steven Mnuchin falou em “discussões construtivas”.

Concluímos em Pequim discussões construtivas. Aguardo com expectativa receber o vice-primeiro-ministro chinês Liu He, na próxima semana, em Washington, para prosseguir com discussões”, escreveu, no Twitter.

O S&P 500 está a caminhar para o melhor trimestre desde setembro de 2009, diz a Reuters. “Tem sido um trimestre surpreendentemente forte. As pessoas estão a ficar mais confiantes do que estavam no início do primeiro trimestre e isso é um sinal positivo, mas ainda há algumas preocupações com o comércio”, diz Robert Pavlik, da SlateStone, citado pela agência de notícias.

Se for alcançado um acordo comercial, os investidores vão ficar mais otimistas. E talvez os lucros comecem a melhorar a partir do segundo trimestre deste ano”, concluiu.

Comentários ({{ total }})

Wall Street em alta em dia de estreia da Lyft

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião