Sporting ganha mais tempo para pagar dívida aos bancos

O Sporting tem até final da época para pagar a dívida de 41 milhões de euros que tem junto do BCP e do Novo Banco.

A SAD do Sporting está a renegociar com o BCP e o Novo Banco o acordo de reestruturação financeira de 2014, incluindo a concessão de waiver (suspensão de pagamento) que venceu a 31 de março. Conseguiu ganhar tempo com a cedência dos direitos de transmissão televisiva à Apollo, pretendendo, agora, que este processo fique “concluído até ao final da corrente época desportiva”.

O prolongar do processo de renegociação dos 41 milhões de euros em dívida junto dos dois bancos acontece depois da SAD sportinguista ter garantido um encaixe de 65 milhões de euros com a antecipação das receitas do contrato de cedência de direitos de transmissão televisiva com a Nos, que inclui ainda a exploração da publicidade estática e virtual do Estádio José de Alvalade, bem como a distribuição do canal Sporting TV e direitos de patrocinador principal. No mesmo comunicado enviado à CMVM, o Sporting recorda que a receita arrecadada nesta operação realizada com o Fundo Apollo destina-se “a substituir passivos, financeiros e não-financeiros.

“Os créditos cedidos nesta operação servirão para colateralizar a emissão de obrigações titularizadas até ao reembolso integral das mesmas, tendo ficado assegurados mecanismos contratuais necessários, que poderão permitir à Sporting SAD recuperar a titularidade ou benefício económico dos créditos”, escreve a empresa, lembrando que tal pode acontecer “a qualquer momento na sequência de solicitação da Sociedade”.

Comentários ({{ total }})

Sporting ganha mais tempo para pagar dívida aos bancos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião