Negociações comerciais mantêm Wall Street nos ganhos

O otimismo à volta de um possível acordo entre as duas maiores economias do mundo continua a animar as bolsas norte-americanas. Os fabricantes de chips estão a disparar à boleia disso.

Os principais índices norte-americanos encerraram em alta, com os investidores animados com um possível acordo entre a China e os Estados Unidos. São cada vez mais as esperanças à volta das negociações comerciais entre os dois países. Neste cenário, os fabricantes de chips, que obtêm a maior parte das suas receitas na China, dispararam em bolsa.

O S&P 500 subiu 0,22% para 2.873,44 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq valorizou 0,6% para 7.895,55 pontos. A acompanhar este desempenho esteve o industrial Dow Jones que somou 0,15% para 26.217,25 pontos.

Este cenário positivo em Wall Street aconteceu depois de o consultor económico da Casa Branca, Larry Kudlow, ter afirmado que as negociações comerciais entre a China e os Estados Unidos estavam no bom caminho e que os dois países esperavam ficar mais perto de um acordo esta semana, avança a Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês).

Consequência deste otimismo, os fabricantes de chips dispararam em bolsa. As ações da Advanced Micro Devices subiram 8,49% e a Intel aumentou 2,06%.

A pesar, embora pouco, estiveram alguns dados económicos abaixo do esperado, mas que acabaram por ser ofuscados pelo sentimento positivo à volta do comércio. O Relatório Nacional de Emprego mostrou que os empregadores privados norte-americanos somaram apenas 129 mil postos de trabalho em março, um valor que ficou também abaixo do esperado.

“São as expectativas de se alcançar ou não um acordo comercial versus a dura realidade das notícias económicas dececionantes”, diz Oliver Pursche, da Bruderman Asset Management, citado pela Reuters.

Comentários ({{ total }})

Negociações comerciais mantêm Wall Street nos ganhos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião