Dividendos tiram força a Lisboa. EDP e BCP travam perdas

A bolsa nacional está no vermelho pela sexta sessão consecutiva, penalizada pelo destaque dos dividendos da Galp Energia e da Jerónimo Martins. Ganhos da EDP e do BCP travam perdas.

A bolsa nacional está no vermelho pela sexta sessão consecutiva, num dia em que está a sofrer o impacto da entrada em ex-dividendo da Galp Energia e da Jerónimo Martins. As perdas só não são mais acentuadas fruto do avanço dos títulos do universo EDP e do BCP.

O PSI-20 está a recuar 0,1%, para os 5.296,02 pontos, em contraciclo com as pares europeus que recuperam do efeito “tweet de Donald Trump” que arrastou as bolsas na última sessão.

O rumo do índice bolsista nacional está a ser influenciado pela entrada em ex-dividendo de dois dos seus pesos pesados: a Galp Energia e a Jerónimo Martins. As duas cotadas vão distribuir um dividendo de 35,75 e 32,50 cêntimos, respetivamente, a 9 de maio.

Esta terça-feira estão a descontar o dividendo, razão que faz com que estejam a desvalorizar em bolsa. Os títulos da Galp Energia deslizam 2,1%, para os 14,395 euros, enquanto as da Jerónimo Martins perdem 0,7%, para os 14,18 euros.

As perdas não são mais acentuados em resultado do avanço dos restantes títulos do setor da energia e também do BCP.

Destaque para a subida de 0,58%, para os 8,72 euros, da EDP Renováveis, enquanto a casa-mãe EDP soma 0,39%, para os 3,332 euros. Já a REN progride 0,59%, para os 2,54 euros.

A contribuir positivamente para o rumo do PSI-20 está ainda o BCP, cujas ações valorizam 0,56%, para os 25,14 cêntimos, num dia de recuperação. Destaque ainda para a Nos que vê as suas ações avançarem 0,6%, para os 5,91 euros.

(Notícia atualizada às 8h31 com mais informação e nova cotações)

Comentários ({{ total }})

Dividendos tiram força a Lisboa. EDP e BCP travam perdas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião