Fusões e aquisições em Portugal movimentam 2,9 mil milhões até abril

  • Lusa
  • 9 Maio 2019

As fusões e aquisições em Portugal movimentaram 2,9 mil milhões de euros nos primeiros quatro meses deste ano

Até abril, foram contabilizados 99 negócios, menos 12,4% do que na comparação com os primeiros quatro meses de 2018.

O setor imobiliário mantém a posição e surge como o mais ativo no mercado português, embora apresente uma tendência de queda, lê-se no relatório. Nos quatro primeiros meses deste ano, as 21 operações registadas neste segmento ficaram 13% abaixo do percentual observado no mesmo período do ano anterior, sendo que o segmento que mais cresceu, 29%, foi o de tecnologia, com 18 operações realizadas no período em análise.

Já no segmento agricultura, ‘agrobusiness’, pecuária e pesca realizaram-se até abril deste ano sete negócios, sendo de destacar a compra do grupo Nutre — Indústrias Alimentares pelo fundo de investimento espanhol Strator.

Tratou-se da primeira aquisição deste fundo fora de Espanha, especifica o relatório, lembrando que em abril se realizaram 15 operações de fusões e aquisições que envolveram empresas portuguesas e que movimentaram 985,8 milhões de euros.

No cenário de ‘venture’ capital, o número de rondas de investimentos registadas no relatório indica que desde janeiro houve um crescimento de 71,4%, para 24 operações.
Destas, 20 transações viram os seus valores revelados, totalizando 95 milhões de euros, um acréscimo de cerca de 189% na comparação com idêntico período do ano precedente.

Comentários ({{ total }})

Fusões e aquisições em Portugal movimentam 2,9 mil milhões até abril

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião