Fed abre a porta a corte de juros no final do ano. Pode descer taxa em 0,5%

A Reserva Federal dos EUA manteve a taxa diretora, mas sinalizou que poderá revê-la em baixa no final deste ano. Admite reduzir o preço do dinheiro em meio ponto percentual.

A Reserva Federal dos EUA manteve a taxa diretora, mas sinalizou que poderá revê-la em baixa no final deste ano. Admite reduzir o preço do dinheiro em meio ponto percentual para responder ao aumento da incerteza económica, mas também à expectável queda da taxa de inflação.

Depois de o Banco Central Europeu ter aberto a porta à descida dos juros na Zona Euro, vem agora a Fed, dos EUA, admitir fazer o mesmo, indo no sentido pretendido por Donald Trump, o presidente norte-americano. Deixou de dizer que será “paciente” no ajuste dos juros, sendo que metade dos responsáveis mostram-se agora inclinados à descida da taxa diretora nos próximos seis meses.

Segundo a Reuters, sete dos 17 membros da Fed consideram que será apropriado reduzir a taxa de juro em meio ponto percentual no final de 2019 e um oitavo membro defendeu uma redução de 0,25 pontos percentuais. A taxa diretora está, atualmente, entre 2,25% e 2,50%, enquanto na Zona Euro é de 0%.

“A Fed agirá de forma apropriada para sustentar” a expansão económica, refere o banco central, citado pela Reuters. É uma frase sintomática dos receios dos membros do banco central quanto ao ritmo de crescimento da maior economia do mundo, isto numa altura em que os EUA e a China estão em “guerra comercial”.

À luz do previsto arrefecimento da economia, a Fed admitiu, nesta reunião, que muito dificilmente irá conseguir alcançar a meta de uma taxa de inflação de 2%. Admite falhar este ano, mas também no próximo.

(Notícia atualizada ás 19h22 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Fed abre a porta a corte de juros no final do ano. Pode descer taxa em 0,5%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião