Economia, globalização, demografia e tecnologia e automatização em debate no congresso dos economistas

  • ECO
  • 8 Julho 2019

O 8.º Congresso Nacional dos Economistas acontece esta terça e quarta-feira na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Dias 9 e 10 de julho, terça e quarta-feira, a Fundação Calouste Gulbenkian recebe o 8.º Congresso Nacional dos Economistas. Uma edição dedicada às visões e decisões para a próxima década nos campos da economia, globalização, demografia e tecnologia e automatização. Thierry Mayer, professor de economia no Instituto de Estudos Políticos de Paris será o orador principal.

O especialista mundial em barreiras comerciais e comércio internacional vem a Lisboa para ser o keynote speaker do painel dedicado à globalização. De acordo com o comunicado, este painel vai contar, ainda, com Jorge Portugal, diretor geral da COTEC, Miguel Pina Martins, CEO da Science4you, Nuno Fernandes, professor da Universidade Católica Portuguesa, e Paulo Sande, consultor do Presidente da República.

A Marcelo Rebelo de Sousa cabe o encerramento do congresso, “logo após a atribuição do prémio carreira a uma prestigiada figura da economia nacional”, lê-se no comunicado.

Fausto Simões, bastonário da Ordem dos Economistas de Angola, e José María Casado Raigón, presidente do Colégio de Economistas de Córdoba, fazem parte da lista de convidados internacional do congresso.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Economia, globalização, demografia e tecnologia e automatização em debate no congresso dos economistas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião