Iberdrola e Endesa já entregaram à EDP ofertas pelas barragens

  • ECO
  • 1 Agosto 2019

A Endesa afirma que está interessada nestes ativos, enquanto a Iberdrola diz que está a estudar todas as oportunidades no setor.

A Iberdrola e a Endesa já tinham mostrado interesse neste negócio. Agora, as propostas já estão apresentadas. As empresas espanholas entregaram à EDP as suas propostas não vinculativas para a aquisição dos ativos de energia hidroelétrica que a companhia portuguesa pretende alienar.

A informação é avançada pela Dow Jones, citada pelo Jornal de Negócios, citando fontes próximas do processo. José Bogas, presidente executivo da Endesa, disse ainda esta semana que a empresa estava interessada nesses ativos, bem como em todas as oportunidades que surjam para crescer no mercado ibérico, mas sempre procurando a criação de valor para os acionistas.

Já o presidente da Iberdrola, Ignacio Galan, também tinha avançado que a companhia espanhola estava a estudar todas as oportunidades neste setor.

Além da Endesa e da Iberdrola, os ativos da EDP mereceram interesse também por parte da Brookfield Asset Management, a Engie e a unidade de infraestruturas da Macquarie.

Com o final de julho estabelecido pela elétrica portuguesa como o prazo para a receção de ofertas não vinculativas, recentemente, o CEO da EDP, António Mexia, afirmou que a venda das barragens estava a gerar um “forte interesse do mercado”. Um negócio que deverá permitir em encaixe de dois mil milhões de euros à empresa liderada por António Mexia.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Iberdrola e Endesa já entregaram à EDP ofertas pelas barragens

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião