Kronos Homes investe 250 milhões de euros em resort no Algarve

  • Lusa
  • 27 Setembro 2019

O investimento da marca de promoção imobiliária residencial Kronos Homes na zona de Palmares, em Lagos, no Algarve, prevê a construção de 460 casas e dois hotéis.

A Kronos Homes, marca de promoção imobiliária residencial da Kronos, anunciou esta sexta-feira que vai investir 250 milhões de euros na construção de um ‘resort’ com 460 casas e dois hotéis na zona de Palmares, em Lagos, Algarve.

Em comunicado, a empresa indica que o projeto “Palmares – Ocean Living & Golf” é um ‘resort’ com praia, campo de golfe, hotéis, moradias e apartamentos, estando prevista a construção de 460 unidades, das quais 103 moradias e 357 apartamentos, com uma densidade de construção de 5,7% dos cerca de 200 hectares abrangidos.

O ‘resort’ inclui ainda dois hotéis de cinco estrelas, um já em operação, com 20 quartos, e outro em fase de desenvolvimento, com 152 quartos, um ‘clubhouse’ e infraestruturas desportivas e de lazer.

Citado no comunicado, Rui Meneses Ferreira, sócio da Kronos Homes em Portugal, destaca que “Palmares é uma zona privilegiada, localizada entre a baía de Lagos e o estuário de Alvor, onde a beleza natural e as paisagens deslumbrantes se aliam a uma arquitetura muito elegante e singular”.

“Este projeto tem a sustentabilidade ambiental como princípio e contará com uma certificação Breeam, um dos principais sistemas de certificação de sustentabilidade de edifícios reconhecidos internacionalmente”, explica Rafael Aranda, fundador da RCR Arquitetes.

A Kronos Homes entrou no mercado português em 2018, dando início à sua expansão internacional a partir de Espanha. Além do projeto de Palmares, a empresa tem mais quatro já em desenvolvimento, dois em Lisboa e dois no Algarve. A Kronos Homes começou a sua atividade no setor residencial espanhol em 2015.

Comentários ({{ total }})

Kronos Homes investe 250 milhões de euros em resort no Algarve

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião