Contas T3: Negócios da Hiscox crescem 7%

  • ECO Seguros
  • 6 Novembro 2019

O grupo britânico, embora com sede na Bermudas, está a aproveitar o bom momento dos preços em seguro e reseguro no mercado de Londres. Catástrofes do trimestre vão custar 165 milhões.

O Grupo Hiscox cresceu os seus negócios em 7% nos primeiros nove meses de 2019 aproveitando melhores tarifas em seguro e resseguro 3,213 milhões de USD. O mercado de subscrições de Londres aumentou 9,7% enquanto o segmento de resseguro e ILS (insurance-linked securities), obtido através da Hiscox Re & ILS subiu 6,1%.

Para o desempenho de Londres as causas apontadas são o bom momento dos seguros D&O de administradores de empresas cotadas em bolsa nos Estados Unidos, Cargas, responsabilidade civil em geral, marítimo e grandes propriedades.

A Hiscox espera obter no final deste ano um rácio combinado (indemnizações adicionados a custos diretos) entre 97 e 99% enquanto persegue o objetivo de médio prazo de baixar esse rácio para 90 a 95%.

A seguradora tem guardados 165 milhões para fazer face às catástrofes registadas no último trimestre, nomeadamente o furacão Dorian e os tufões Faxai e Hagibis.

Na área dos seguros ciber, a Hiscox adianta que está a sentir pressão dos preços no sentido descendente, devido a excesso de capacidade de oferta sem se verificar um aumento significativo das queixas.

Comentários ({{ total }})

Contas T3: Negócios da Hiscox crescem 7%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião