EDP pressiona bolsa com desinvestimento de acionista chinês. Cai mais de 1%

Lisboa volta às quedas, numa sessão negativa para a generalidade das bolsas europeias. A EDP pressiona depois da CNIC venderam, em pouco mais de cinco horas, um bloco de 49 milhões de ações.

A EDP está sob pressão em bolsa. As ações da elétrica registam a queda mais acentuada no índice nacional, isto depois de os chineses da CNIC terem vendido, em pouco mais de cinco horas, um bloco de 49 milhões de ações da empresa liderada por António Mexia. O PSI-20 recua, acompanhando a tendência negativa da Europa.

Os títulos da EDP recuam 1,62% para 3,649 euros, uma queda acentuada explicada pelo valor a que foi realizado mais este desinvestimento por parte da CNIC, que já chegou a ter cerca de 5% do capital da elétrica nacional.

“O valor total da receita da colocação atingiu aproximadamente 175,6 milhões de euros, correspondente a um preço de 3,60 euros por ação”, revela a empresa em comunicado à CMVM.

A queda da EDP, mas também da EDP Renováveis, que recua 0,2%, bem como dos CTT, que corrigem da forte subida da última sessão em que chegaram a cotar novamente nos 3,00 euros, leva o PSI-20 a ceder 0,12% para 5.229,98 pontos. Na Europa, o cenário é idêntico, com o Stoxx 600 a recuar 0,1%.

A impedir uma queda mais acentuada da bolsa está a Galp Energia, que soma 0,17%, mas principalmente o BCP que continua a valorizar antes da apresentação das contas dos primeiros nove meses do ano. O banco liderado por Miguel Maya soma 0,38% para 21,20 cêntimos por ação.

Destaque para a Mota-Engil, que lidera os ganhos no PSI-20, somando 1,25% para 2,104 euros, numa sessão em que as papeleiras mantêm a tendência positiva. A Altri e a Navigator somam 0,25%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP pressiona bolsa com desinvestimento de acionista chinês. Cai mais de 1%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião