COP25: António Guterres apela ao aumento da vontade política de líderes mundiais

  • Lusa
  • 1 Dezembro 2019

O secretário-geral das Nações Unidas apela a que os líderes mundiais façam o que a comunidade científica lhes pede na luta contra as alterações climáticas.

O secretário-geral das Nações Unidas, o português António Guterres, apelou este domingo em Madrid ao aumento da “vontade política” dos líderes mundiais para fazerem o que a comunidade científica lhes pede na luta contra as alterações climáticas.

“O que ainda falta é vontade política”, sendo “fundamental pôr o mundo em linha com o que a comunidade científica definiu” como objetivos para lutar contras as alterações climáticas, disse António Guterres em conferência de imprensa.

As declarações foram feitas no centro de conferências onde a partir de segunda-feira se vai realizar a Cimeira sobre as alterações Climáticas, conhecida como COP25.

Para o ex-primeiro-ministro português “durante muitos séculos a espécie humana esteve em guerra com o planeta e o planeta está agora a contra-atacar”: “Temos de parar a nossa guerra contra a natureza e a ciência diz que podemos fazê-lo”, sublinhou Guterres.

Meia centena de líderes mundiais vão estar presentes na segunda-feira na abertura da Cimeira sobre Alterações Climáticas de Madrid, numa cerimónia presidida pelo primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, e por António Guterres, e na qual Portugal estará representado pelo primeiro-ministro, António Costa.

Ao todo são esperadas delegações de 196 países, assim como os mais altos representantes da União Europeia e várias instituições internacionais.

“Há a necessidade de encontrar a ambição de aumentar a responsabilidade coletiva, e a COP25 é uma oportunidade excelente para que essa responsabilidade possa ser exercida”, afirmou o secretário-geral das Nações Unidas, repetindo que os desafios “exigem uma muito maior ambição do que a expressa até agora”.

Esta ‘cimeira do clima’ estava inicialmente prevista para se realizar no Chile, mas no final de outubro o governo chileno decidiu cancelar o evento alegando não haver condições devido a um movimento de contestação interna e de agitação civil.

O Governo espanhol avançou com a proposta de organizar a grande conferência anual sobre Alterações Climáticas e conseguiu ter tudo pronto para a sua inauguração na segunda-feira, em Madrid, apesar de a presidência da reunião continuar a pertencer ao Chile.

António Guterres realçou que a sua mensagem também é de “esperança e não de desespero”, sendo necessário seguir o “roteiro” definido pelos cientistas.

Espero da COP25 “uma clara demonstração de vontade em fazer alguma coisa”, concluiu o secretário-geral das Nações Unidas.

Segundo os objetivos definidos pela comunidade científica e em acordos assinados, mas ainda não ratificados por todos os países do mundo, nomeadamente os Estados Unidos, um dos mais poluidores, é necessário limitar a menos os de 1,5 graus o aumento da temperatura global até ao fim do século.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

COP25: António Guterres apela ao aumento da vontade política de líderes mundiais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião