BCE adjudica 109 mil milhões de euros a 110 bancos a uma taxa de -0,50%

  • Lusa
  • 17 Março 2020

Valor adjudicado adjudicou insere-se no âmbito de uma nova série de injeções de liquidez adicionais imediatas ao sistema financeiro da Zona Euro.

O Banco Central Europeu (BCE) adjudicou esta terça-feira a 110 bancos da Zona Euro 109.130,5 milhões de euros a 98 dias, a uma taxa de juro fixa de -0,50%, numa nova série de injeções de liquidez adicionais.

O BCE informou que a operação será liquidada a 18 de março e vence no dia 24 de junho.

A entidade monetária vai levar a cabo operações de financiamento adicionais com um prazo mais alargado, de forma provisória, para proporcionar um apoio de liquidez imediato ao sistema financeiro da Zona Euro.

Estas operações efetuam-se mediante um procedimento de leilão a uma taxa de juros fixa com adjudicação integral, com uma taxa de juros igual à taxa média aplicável à facilidade de depósito, que agora é de -0,50%.

Após a reunião de política monetária da passada quinta-feira, o BCE afirmou que quer “proporcionar um apoio de liquidez imediato ao sistema financeiro da zona euro, apesar de não ver sinais materiais de tensão nos mercados monetários nem escassez de liquidez no sistema bancário”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCE adjudica 109 mil milhões de euros a 110 bancos a uma taxa de -0,50%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião