Ortega, Pallete, Roig, Reynés e Botín. Os líderes espanhóis mais empenhados contra a Covid-19

  • Servimedia
  • 25 Maio 2020

No estudo, os participantes são convidados a nomear vários empresários que se destacaram pelas suas ações nesta crise e o nome do presidente da Inditex surge em 74% das respostas.

Amancio Ortega, presidente do grupo de moda Inditex, é o líder mais comprometido na luta contra o Coronavírus, de acordo com o resultado do Estudo de Perceção Social da Liderança na luta contra a Covid-19, da Ipsos.

No estudo, os participantes são convidados a nomear vários empresários que se destacaram pelas suas ações nesta crise e o nome do presidente da Inditex surge em 74% das respostas.

Seguem-se o presidente da Telefónica, José María Álvarez Pallete, que aparece em 27% das respostas, e Juan Roig, presidente da Mercadona, com 14%. A lista do que seria um ‘Top 5’ de empreendedores com espírito de compromisso, completa-se com Francisco Reynés, da Naturgy, e Ana Patricia Botin, do Banco Santander.

A pesquisa também questiona qual o líder político que mais se destaca pela melhor gestão da saúde na crise. Pedro Sánchez monopoliza 33% das respostas favoráveis, seguido de Isabel Díaz Ayuso, com 17%; Salvador Illa, com 16%, e Alberto Núñez Feijoo, com 15%. Seguem-se Juan Manuel Moreno, com 10%; Quim Torra, 8%. Ximo Puig e Iñigo Urkullu fecham a lista, com 7% cada.

A pesquisa Ipsos foi realizada na segunda semana de maio, com uma amostra de 1.000 entrevistados, dos quais 68% tinham entre 35 e 65 anos e os restantes 32% entre 18 e 34 anos, com mulheres e homens em percentagem igual e uma distribuição territorial proporcional à população

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Ortega, Pallete, Roig, Reynés e Botín. Os líderes espanhóis mais empenhados contra a Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião