Cristiano Ronaldo é o primeiro futebolista a ganhar mil milhões de dólares

  • ECO
  • 5 Junho 2020

Ronaldo bateu mais um recorde: é o primeiro futebolista da História a ganhar mais de mil milhões de dólares em salário desde o início da carreira. É o terceiro atleta do mundo a fazê-lo no ativo.

O craque português Cristiano Ronaldo é o primeiro jogador de futebol na História com rendimentos acima de mil milhões de dólares. O cálculo foi feito pela revista Forbes, que destaca que o madeirense ganhou 105 milhões de dólares antes de impostos no ano passado, alcançando a quarta posição na última edição da lista das 100 celebridades mais bem pagas do mundo — um lugar acima do rival argentino Lionel Messi.

Os recordes de Ronaldo extravasam mesmo o mundo do futebol. Segundo a Forbes, o atleta português de 35 anos é o terceiro desportista do mundo a alcançar este estatuto multimilionário estando ainda no ativo. Até aqui, apenas o lutador Floyd Mayweather (em 2017) e o golfista Tiger Woods (em 2009) tinham conseguido este feito. Ainda assim, o craque conhecido por “CR7” é o primeiro a fazê-lo num desporto de equipa.

Segundo as contas da Forbes, Cristiano Ronaldo gerou rendimentos de 650 milhões de dólares em 17 anos dentro das quatro linhas e espera-se que alcance os 765 milhões em salário até ao fim do contrato atual na Juventus, que termina dentro de dois anos. Neste ano de 2020, deverá receber um total de 60 milhões de dólares, menos do que em 2019 devido aos cortes salariais de 30% acordados em abril no clube por causa da pandemia.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Cristiano Ronaldo é o primeiro futebolista a ganhar mil milhões de dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião