GM lança seguros baseados em dados de condução

  • ECO Seguros
  • 19 Novembro 2020

Os funcionários da General Motors já utilizam a nova solução de seguro digital. O programa deverá expandir-se pelos EUA a partir de 2021.

A General Motors (GM) acaba de anunciar o lançamento de um programa para oferecer seguros baseados em dados gerados pelos automóveis conectados nas diversas marcas do fabricante sediado em Detroit (EUA).

O projeto da GM tem como parceira a OnStar Insurance Services, nova agência da OnStar Insurance, por sua vez subsidiária da General Motors Co., e visa “transformar o seguro automóvel” com uma solução que a construtora automóvel garante ser “segura, barata, personalizada e fácil de utilizar”, salienta a GM em comunicado.

Alinhando com a tendência da indústria automóvel, como são os exemplos da Tesla e outros, a GM pretende progredir além da telemática e explorar a enorme quantidade de dados gerados através dos sistemas de conectividade da nova geração de automóveis, cada vez mais automatizados e conectados. Concretamente, a nova apólice supõe tarifas estabelecidas em função do comportamento dos condutores em trânsito e dos sistemas de navegação e segurança que equipam os veículos.

“O nosso objetivo é liderar o setor, oferecendo seguros de formato inovador. Os clientes GM que tenham um seguro através da OnStar e serviços conectados serão elegíveis para obter descontos, ao mesmo tempo que receberão serviços totalmente integrados da OnStar Insurance Servces”, disse Andrew Rose, presidente da OnStar Insurance Services, citado no comunicado.

Em resultado da parceria GM-OnStar, a nova solução de seguro digital (OnStar Insurance Services) começará, em breve, a ser distribuída entre residentes do estado do Arizona. Os funcionários da GM começaram a utilizar o sistema neste ainda neste 4º trimestre de 2020, esperando-se que a oferta atinja outros segmentos do mercado norte-americano, como o público em geral, nos primeiros meses de 2021, refere o comunicado .


Entre outras, a GM produz veículos das marcas Chevrolet,
GMC, Buick e Cadillac. A OnStar está no mercado do seguro automóvel há 20 anos, operando como mediadora de seguros, cuja produção e subscrição cabem às seguradoras associadas da American Family Mutual Insurance Company.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

GM lança seguros baseados em dados de condução

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião