Trump bloqueia oito apps de pagamento chinesas nos EUA

  • ECO
  • 6 Janeiro 2021

A ordem restritiva defende que os Estados Unidos devem tomar "ações agressivas" contra os responsáveis pelo desenvolvimento de apps de software chinesas.

O ainda Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou na terça-feira uma ordem executiva que proíbe a realização de transações com recurso a oito aplicações chinesas que oferecem serviços de pagamento. Entre elas, destacam-se a Alipay, a WeChat Pay e a QQ Wallet, avança a Reuters.

Esta decisão, tomada numa altura em que faltam apenas duas semanas para que Joe Biden assuma o cargo que é atualmente ocupado por Donald Trump, surge com o objetivo de reduzir a ameaça que as apps chinesas representam, na ótica da Casa Branca, para os norte-americanos. Isto porque, como relata um alto funcionário do governo à Reuters, estas aplicações têm vastas bases de utilizadores e acesso a dados de natureza delicada.

A ordem restritiva refere ainda que os Estados Unidos devem tomar “ações agressivas” contra os responsáveis pelo desenvolvimento de apps de software chinesas, de forma a protegerem a segurança nacional. CamScanner, SHAREit, Tencent QQ, VMate e WPS Office tratam-se das restantes aplicações visadas por esta medida.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Trump bloqueia oito apps de pagamento chinesas nos EUA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião