Volume de negócios da Sonae MC sobe 9,6% para 5.153 milhões de euros em 2020

  • Lusa
  • 29 Janeiro 2021

No ano passado, a empresa abriu 89 lojas próprias, 13 das quais Continente Bom Dia, adicionando, aproximadamente, 31 mil metros quadrados à área total de vendas.

O volume de negócios da Sonae MC subiu 9,6% ou 6,6% na base comparável de lojas para 5.153 milhões de euros em 2020, foi comunicado esta sexta-feira ao mercado. “O crescimento do volume de negócios superou o mercado, alcançando 5.153 milhões de euros, o que representou um aumento de 9,6% no universo total e de 6,6% na base comparável de lojas”, lê-se no comunicado remetido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Por segmento, a faturação dos hipermercados fixou-se em 1.758 milhões de euros no ano passado, mais 6,4% do que no período homólogo, enquanto a dos supermercados situou-se em 2.527 milhões de euros, uma progressão de 12,8% em comparação com 2019. Já a faturação dos novos negócios de crescimento e outros ascendeu a 868 milhões de euros, acima dos 810 milhões de euros registados em 2019, ou seja, mais 7,1%.

Só no quarto trimestre, o volume de negócios total da Sonae MC cresceu 8,5%, face ao mesmo trimestre de 2019, para 1.383 milhões de euros. Em 2020, as vendas ‘online’ avançaram cerca de 80%, impulsionadas pelo aumento da “capacidade de preparação e entrega de encomendas” face ao “forte aumento” da procura.

No ano passado, a empresa abriu 89 lojas próprias, 13 das quais Continente Bom Dia, adicionando, aproximadamente, 31 mil metros quadrados à área total de vendas. A Sonae MC detém, segundo os dados reportados ao final de 2020, uma rede de lojas com 1.313 unidades (incluindo franquias), o que corresponde a 942 mil metros quadrados de área de vendas.

Num ano turbulento e sem precedentes, a Sonae MC prosseguiu a dinâmica positiva dos últimos anos, obtendo um desempenho comercial robusto e fortalecendo a sua posição de liderança num mercado em evolução”, afirmou, citado no mesmo documento, o presidente executivo da empresa. Luís Moutinho sublinhou ainda que a Sonae MC está orgulhosa dos resultados obtidos no período em causa, sobretudo, no que concerne à resposta ao impacto da pandemia de covid-19.

“Os nossos colaboradores foram insuperáveis a assegurar a continuidade da distribuição de alimentos, garantindo a segurança dos nossos clientes e adaptando a experiência de compra nas nossas lojas para ir ao encontro de necessidades e expectativas dos consumidores em evolução acelerada”, acrescentou. Além do Continente, a Sonae MC detém marcas como o Meu Super, Wells, go natural, BAGGA, note!, ZU e a Maxmat.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Volume de negócios da Sonae MC sobe 9,6% para 5.153 milhões de euros em 2020

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião