5 coisas que vão marcar o dia

O dia será marcado pela decisão instrutória da Operação Marquês, que vai permitir saber se os arguidos vão ou não a julgamento. No plano económico, o INE divulga dados sobre a balança comercial.

Esta sexta-feira o dia será marcado pela decisão instrutória da Operação Marquês, que permitirá saber se cada um dos 28 arguidos, entre os quais José Sócrates, vão ou não a julgamento. No plano político, as audições de inquérito ao Novo Banco continuam, enquanto o Governo vai reunir com os sindicatos. O Instituto Nacional de Estatística vai divulgar dados referentes ao comércio internacional do país.

Quem vai a julgamento na Operação Marquês?

Esta sexta-feira é conhecida a decisão instrutória da Operação Marquês, cujo processo conta com 28 arguidos, entre os quais 19 pessoas singulares e nove empresas, e está relacionado com crimes de corrupção, ativa e passiva, branqueamento de capitais, falsificação de documento e fraude fiscal. Neste processo, entre os principais arguidos destacam-se o antigo primeiro-ministro José Sócrates, o banqueiro Ricardo Salgado, o empresário Carlos Santos Silva, bem como altos cargos da Portugal Telecom.

Continuam as audições de inquérito ao Novo Banco

As audições do inquérito ao Novo Banco continuam. Esta sexta-feira é a vez de José Bernardo e António Brochado Correia, da consultora PwC, serem ouvidos no Parlamento para serem questionados sobre o balanço inicial do Novo Banco.

Como evoluiu a balança comercial de Portugal?

O Instituto Nacional de Estatística publica as Estatísticas do Comércio Internacional referentes a fevereiro deste ano, que permitem perceber como evoluíram as exportações e importações do país. No primeiro mês deste ano, Portugal viu as exportações de bens afundar 9,8% face ao mesmo período de 2020. Já as importações encolheram 17,2%, segundo os dados mais recentes do gabinete de estatísticas.

Governo reúne com sindicatos da Função Pública

O secretário de Estado da Administração Pública reúne-se, esta sexta-feira, com os sindicatos para começar a negociar o sistema de avaliação dos funcionários do Estado. Os representantes dos trabalhadores reivindicam o fim das quotas, a desburocratização do sistema e o reforço da transparência. Já o Governo tem sinalizado que proporá a sua anualização, de modo a tornar as progressões na carreira mais célere, e a criação de níveis intermédios na tabela remuneratória, a par disso.

Termina programa de rescisões voluntárias no Santander

Depois de ter reduzido os quadros em mais de duas centenas de trabalhadores em 2020, o Santander Totta decidiu emagrecer ainda mais a estrutura de trabalhadores este ano. Termina esta sexta-feira o prazo de adesão voluntária, por mútuo acordo, destinado aos trabalhadores com mais de 55 anos do banco liderado por Pedro Castro e Almeida. Este plano tinha sido anunciado oficialmente em meados de março.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião