BCE aumentou bastante compra de dívida na semana passada

  • Lusa
  • 12 Abril 2021

As compras de dívida de emergência do BCE aumentaram para 17.073 milhões de euros na semana passada, face aos 10.646 milhões da semana anterior.

O Banco Central Europeu (BCE) aumentou significativamente as compras de dívida de emergência devido à pandemia na semana passada para 17.073 milhões de euros, em comparação com 10.646 milhões na semana anterior.

De acordo com dados divulgados hoje, o BCE comprou até agora, no âmbito do programa destinado a atenuar os efeitos da pandemia de covid-19, ativos no valor de 960.295 milhões de euros.

Após um aumento dos juros da dívida soberana da zona euro desde dezembro, o BCE considerou em março justificado levar a cabo “um aumento significativo” do ritmo de aquisições no segundo trimestre.

O volume do programa de compra de dívida de emergência lançado em março do ano passado para atenuar os efeitos da pandemia de covid-19 atinge 1,85 biliões de euros, depois de ter sido reforçado na reunião do BCE de dezembro e de a sua duração ter sido prolongada até março de 2022.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCE aumentou bastante compra de dívida na semana passada

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião