Zona Euro acelera ao ritmo mais elevado em 15 anos

  • ECO
  • 5 Julho 2021

Alívio das medidas de confinamento impulsiona a procura e dá um forte impulso ao setor dos serviços. Atividade económica da Zona Euro avança ao ritmo mais elevado desde 2006.

A atividade económica na Zona Euro acelerou ao ritmo mais elevado em 15 anos em junho com o alívio das medidas de confinamento a impulsionar a procura e a dar um forte impulso ao setor dos serviços e também aos preços.

O Índice de Compras dos Gestores (PMI) da IHS Markit, considera um indicador da economia, subiu dos 57,1 para 59,2, o registo mais alto desde junho de 2006. Ficou acima dos 50, marca a partir o índice aponta para crescimento, e acima dos 58,8 estimados pelos analistas.

“Os planos de vacinação mais acelerados e a queda do número de casos estão a permitir um alívio nas restrições e os consumidores estão a sentir-se mais confiantes”, referiu Willem Sels, do banco HSBC, citado pela Reuters.

“Os serviços, e o consumo em particular, estão a registar um bom momento e são agora o motor principal do crescimento económico europeu”, acrescentou.

O índice PMI para os serviços saltou dos 55,2 para 58,0, o valor mais elevado desde janeiro de 2018 e acima da previsão de 57,8 dos analistas.

Em relação à manufatura, o índice fixou-se nos 63,1 em junho, em linha com a leitura de maio, com a IHS a destacar a subida dos índice de preços neste setor dos 87,1 para 88,0, o valor mais elevados desde o início do inquérito em junho de 1997.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Zona Euro acelera ao ritmo mais elevado em 15 anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião