Aliança europeia para a Economia Circular do Plástico quer chegar a 10 milhões de toneladas recicladas em 2025

  • Capital Verde
  • 27 Setembro 2021

Esta meta corresponde a necessidades de investimento estimadas entre 7,6 e 9,1 mil milhões de euros, até 2025.

A Comissão Europeia saudou esta segunda-feira a nova meta estabelecida pela Aliança para a Economia Circular do Plástico, no sentido de impulsionar o mercado dos plásticos reciclados da UE e garantir que, até 2025, pelo menos 10 milhões de toneladas sejam recicladas.

Desde o lançamento da Aliança, em 2018, registou-se um aumento de quase 30% na produção europeia de plásticos reciclados.

A Aliança quer intensificar ainda mais estes esforços, assegurando a reciclabilidade de 26 produtos de plástico em embalagens, em setores como a construção, agricultura e eletrodomésticos que, no seu conjunto, representam mais de 60% dos resíduos de plástico recolhidos na Europa.

“Alcançar a meta de 10 milhões de toneladas requer a produção de 3,4 milhões de toneladas adicionais de plásticos reciclados na Europa até 2025 (em comparação com 2020). Logo, a capacidade de triagem deve aumentar em pelo menos 4,2 milhões de toneladas até 2025 e a capacidade de reciclagem deve aumentar pelo menos 3,8 milhões de toneladas. Isto corresponde a necessidades de investimento estimadas entre 7,6 e 9,1 mil milhões de euros.

Para cumprir as metas a que se propõe, a Aliança para a Economia Circular do Plástico desenvolveu um novo roteiro e adotou a metodologia e as regras para um novo sistema de monitorização dos plásticos reciclados à escala da UE.

A Aliança representa quase 300 organizações industriais, académicas e do setor público em toda a cadeia de valor dos plásticos reciclados. Os primeiros compromissos voluntários para os plásticos reciclados feitos pela indústria mostraram que o abastecimento em plásticos reciclados poderia atingir e até exceder este objetivo. No entanto, eram necessários mais esforços para garantir a utilização dos plásticos reciclados.

Sobre este tema, a Aliança está também a preparar um relatório sobre os requisitos e soluções para aumentar a integração dos plásticos reciclados nos produtos até 2025.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Aliança europeia para a Economia Circular do Plástico quer chegar a 10 milhões de toneladas recicladas em 2025

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião