Wall Street em alta mesmo com disparo da inflação

A inflação registou uma subida acima do esperado, mas os investidores preferem focar-se nos resultados das empresas. Subidas nas tecnológicas impulsionam o desempenho em Wall Street.

Wall Street regressa aos ganhos na sessão desta quarta-feira. Os investidores estão atentos aos dados económicos que mostram um aumento da inflação acima do esperado, nomeadamente devido à subida dos preços de energia, mas a aposta nas tecnológicas está a impulsionar as bolsas. Ao mesmo tempo, as empresas começam a apresentar lucros.

O índice de preços ao consumidor aumentou 0,4% em setembro em relação ao mês anterior e 5,4% face ao ano passado, segundo os dados do Departamento do Trabalho. Este comportamento ficou acima do esperado pelos analistas, que antecipavam um aumento mensal de 0,3% ou taxa homóloga de 5,3%, de acordo com a CNBC.

“A inflação é forte e um pouco preocupante. Mas não é inesperado, dado o que está a acontecer no mercado entre custos mais altos de energia, problemas na cadeia de fornecimento e escassez de mão-de-obra”, apontou Rick Meckler, sócio da Cherry Lane Investments, citado pela Reuters.

Por outro lado, a temporada de apresentação de resultados do terceiro trimestre arrancou com o JPMorgan Chase, que revelou que o lucro trimestral superou as expectativas. A receita do maior banco dos EUA por ativos também foi maior do que o esperado.

Perante este cenário, o índice de referência S&P 500 sobe 0,23%, para 4.360,44 pontos, acompanhado pelo industrial Dow Jones, que valoriza 0,07%, para 34.401,35 pontos. Já o tecnológico Nasdaq avança 0,49%, para 14.536,76 pontos.

Olhando para as cotadas que se destacam nos mercados, sobressai o setor tecnológico. A Amazon avança 0,79% para os 3.272,85 dólares, a Netflix sobe 0,20% para os 626,22 dólares e o Facebook soma 0,61% para 325,71 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street em alta mesmo com disparo da inflação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião