Efapel investe 2,4 milhões para aumentar exportações para a América Latina

Chile, Colômbia, Perú e México são os mercados-alvo para o novo aparelho elétrico de embutir criado pela fabricante da Lousã, que emprega 400 pessoas e fatura 43 milhões de euros.

A Efapel, maior fabricante nacional de aparelhagem elétrica de baixa tensão, investiu 2,4 milhões de euros no desenvolvimento de uma nova linha de embutir, designada Série Latina, com o objetivo de exportar para mercados latino-americanos, como Chile, Colômbia, Perú e México.

Logo no primeiro ano de comercialização, a fabricante de Serpins, no concelho da Lousã, onde emprega cerca de 400 pessoas, estima alcançar vendas superiores a três milhões de euros com este novo artigo, no qual destaca a “forte identidade e design com o propósito de atender às exigências de um mercado global”.

“Possui um sistema modular que possibilita a combinação de espelhos e módulos de acordo com a necessidade e gosto do utilizador. É composta por duas matrizes: europeia e italiana, que cumprem os mais diversos requisitos internacionais”, sublinha numa nota de imprensa a empresa liderada e detida (67%) por Américo Duarte.

Com uma faturação de 43,3 milhões de euros em 2020, que se traduziunum crescimento homólogo de 5,2%, a Efapel exporta cerca de 30% da produção para mais de 50 países espalhados por quatro continentes, contando ainda com subsidiárias em Espanha e França.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Efapel investe 2,4 milhões para aumentar exportações para a América Latina

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião