Hoje nas notícias: TAP, PPP e Lojas do Cidadão

  • ECO
  • 29 Novembro 2021

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

A semana arranca com a notícia de que a companhia turca Turkish Airlines está interessada em adquirir uma posição na TAP, embora ainda não tenha apresentado uma proposta formal ao Governo. Esta segunda-feira é ainda notícia os 900 milhões de euros que estão a ser exigidos ao Estado pelos privados das PPP. Destaque ainda para a notícia de que o Governo quer ter mini Lojas do Cidadão em metade das freguesias até 2030.

Turkish Airlines interessada no negócio da TAP

A Turkish Airlines está interessada em avaliar a compra de uma posição na TAP e tem estado a recolher informações no mercado sobre a empresa portuguesa. A companhia aérea turca terá mesmo delineado uma oferta próxima dos 1.900 milhões de euros e estará interessada em avançar com uma proposta. Contudo, uma entrada na companhia aérea portuguesa teria de ser feita mediante a compra de uma posição maioritária. O interesse foi manifestado por vias diplomáticas. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago)

Privados das PPP exigem 900 milhões de euros

As empresas envolvidas em Parcerias Público-Privadas (PPP) reclamam ao Estado o pagamento de 900 milhões de euros, sendo que os valores mais elevados são exigidos pelas concessionárias de autoestradas, que representam mais de dois terços dos processos em tribunal, de acordo com o relatório das PPP relativo a 2020. A Rotas do Algarve Litoral reclama cerca de 445 milhões de euros, o valor mais elevado, correspondendo a quase metade do montante total. Leia a notícia completa no Correio da Manhã (acesso pago)

Programa que atraía moradores para o interior sem procura

O programa Chave na Mão, a única medida da Nova Geração de Políticas de Habitação pensada sobretudo para territórios de baixa densidade, só foi regulamentado em 2020 e, até agora, não tem interessados. Os autarcas do Interior consideram o programa “uma boa intenção”, mas criticam a demora na concretização das políticas em causa. Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (acesso pago)

Governo quer mini Lojas do Cidadão em metade das freguesias até 2030

O Governo quer, até 2030, que mais de metade das freguesias de Portugal continental disponha de Espaços Cidadão, que consistem numa espécie de mini Loja do Cidadão que integra serviços de entidades diversas num único balcão de atendimento. O objetivo é promover a coesão territorial e garantir acesso a serviços essenciais, havendo 20 milhões de euros do Portugal 2030 para o efeito. Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado)

Comunidade escolar não concorda com alteração de calendário

Uma das medidas decretadas pelo Governo, na passada quinta-feira, para prevenir contágios de Covid-19 foi a alteração da data de início de aulas após a interrupção letiva de Natal, que passou de dia 3 de janeiro para 10 de janeiro. A comunidade escolar vê com bons olhos as razões da medida, mas defende que a alteração deveria passar por manter o calendário e passar a primeira semana de janeiro para ensino à distância, de forma a que o 2.º e 3.º períodos não sejam demasiado longos para alunos e professores. Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso pago)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: TAP, PPP e Lojas do Cidadão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião