Farfetch avança para a compra de retalhista de beleza Violet Grey

Compra antecede arranque de segmento de beleza no marketplace da Farfetch dando-lhe capacidade de desenvolver negócio no mercado global de beleza de luxo, que ronda os 69 mil milhões de dólares.

A Farfetch está em processo de compra da retalhista de luxo de produtos de beleza Violet Grey. A operação, por um valor não revelado, antecede o lançamento do segmento de beleza no marketplace da plataforma previsto este ano. Em cerca de dois meses é a segunda compra da unicórnio cofundada por José Neves depois da aquisição da plataforma de revenda de moda de Luxclusif.

“A aquisição da Violet Grey representa um passo importante no lançamento de beleza na Farfetch este ano e é uma parte da nossa estratégia global para esta categoria. Irá permitir oferecer aos nossos clientes uma seleção cuidada e personalizada dos produtos mais procurados do setor no marketplace da Farfetch, juntando-se a um mundo de marcas de beleza únicas, desde líderes de mercado até a marcas mais pequenas, mas já com uma grande comunidade de seguidores”, justifica Stephanie Phair, chief customer officer da Farfetch, citada em comunicado.

“Com o nosso marketplace, estamos posicionados de uma forma única para oferecer pontos de vista diferentes e vozes relevantes desta importante categoria, para que os clientes possam encontrar os produtos e as experiências que procuram. A adição da Violet Grey e da Cassandra Grey na equipa são fundamentais para essa estratégia. A Cassandra construiu um verdadeiro império na indústria da beleza e tem uma incrível capacidade de entendimento e intuição sobre o caminho que a beleza deve tomar no futuro e sobre o que os consumidores procuram”, reforça a responsável da plataforma.

A aquisição da Violet Grey antecede o lançamento do segmento de beleza, dirigindo-se à sua “extensa audiência de luxo Millenial e Geração Z”, e dá à Farfetch a capacidade de desenvolver negócio no mercado global de beleza de luxo, estimado em cerca de 69 mil milhões de dólares, a segunda maior categoria dentro do mercado pessoal global de luxo, depois de artigos de couro e à frente de vestuário, segundo o estudo “Bain Altagamma Luxury Study 20th Edition”, conhecido em novembro de 2021.

A operação irá alargar ainda “o alcance da curadoria de beleza da Violet Grey para todo o universo de consumidores” da plataforma. “A Violet Grey irá também aproveitar toda a experiência e know-how em tecnologia, logística e operações da Farfetch Platform Solutions para continuar a impulsionar o seu negócio de forma independente em VioletGrey.com e na sua loja em Los Angeles”, destaca a Farfetch.

Após a compra, a fundadora da Violet Grey, Cassandra Grey, passará a ser global advisor da categoria de beleza no marketplace da Farfetch e cofundadora da NGG Beauty, ficando ainda “responsável por incubar e acelerar o crescimento de novas marcas.”

Cassandra Grey mantém-se ainda como presidente da Violet Grey, passando Niten Kapadia, até aqui VP de operações da Farfetch, a diretor-geral da Violet Grey.

“A conclusão do negócio está sujeita às condições habituais, incluindo o consentimento da base de acionistas existente da Violet Grey.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Farfetch avança para a compra de retalhista de beleza Violet Grey

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião