Universalis ultrapassa 3 milhões de vendas em 2021 e vai alargar rede de distribuição

  • ECO Seguros
  • 18 Abril 2022

Depois da compra das mediadoras Domingues e Júlio Leite a corretora de Guimarães quer novas parcerias de distribuição para manter crescimento e entrar no top 3 dos seguros de crédito.

Ricardo Moreira, o maior acionista da Universalis, e o diretor geral José Rodrigues querem posição no top 3 em seguros de crédito.

A corretora Universalis superou os 3 milhões de euros de volume de negócios em 2021, apresentando um subida de 15,7% relativamente ao ano anterior. No mesmo período os resultados líquidos foram de 412 mil euros. Para o exercício de 2022, a corretora perspetiva “manter a estratégia de crescimento e apostar na área de negócio partners, com a qual promovemos a criação de novas parcerias com agentes de mediação, de forma a alargar a nossa rede de distribuição”, acrescenta.

A Universalis já considera integrado o Grupo Júlio Leite e está a terminar a consolidação da Domingues, mediadoras que adquiriu em 2021 e vai este ano desenvolver as quatro áreas de negócios que possui: Seguros de empresas e particulares, seguros de crédito, partners com alargamento da rede de parceiros e a academia de formação.

A aposta no retalho permitiu um crescimento do número de clientes para cerca de 21.400 e a Universalis continua a aposta em ramos Não Vida que significam quase todo o volume de receitas. Automóvel, Acidentes de Trabalho, Patrimoniais e Saúde pesam 85% da carteira em valor, mas os seguros de crédito – atualmente a contar 8% do negócio – são aposta da corretora que ambiciona alcançar o top 3 nacional, tendo crescido 18% apesar de um decréscimo geral do ramo de 6,8% a nível nacional.

A Universalis, que é uma marca da sociedade Corpos, está em 10 locais depois da recente a expansão a Cabeceiras de Basto e São Pedro do Sul, mantendo a sede em Guimarães e presença em Lisboa, Leiria, Viana do castelo, Espinho, Fafe, Covilhã e Vila Real. O maior acionista é Ricardo Moreira, sendo o segundo maior o diretor geral José Rodrigues.

A empresa, que triplicou os seus negócios nos últimos cinco anos, trabalha essencialmente com a Tranquilidade, Allianz, Fidelidade e Liberty e o negócio particulares significaram 37% das receitas em 2021. O setor da engenharia é o mais forte na área empresarial com 6% de peso na carteira. Ainda quanto a dispersão de risco, a Universalis afirma que o seu maior cliente pesa 6% nas receitas e os 10 maiores apenas 27%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Universalis ultrapassa 3 milhões de vendas em 2021 e vai alargar rede de distribuição

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião