CAP acusa Governo de não cumprir promessa de descida de 20 cêntimos no ISP

  • Filipe Maria
  • 5 Maio 2022

CAP acusa Governo de não cumprir com descida no ISP de 20 cêntimos por litro no gasóleo agrícola, afirmando que, pelo contrário, o preço subiu uma média de três cêntimos.

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) acusa o Governo de não cumprir a promessa da descida no ISP de 20 cêntimos por litro de gasóleo agrícola, anunciada a 28 de abril, afirmando que, pelo contrário, “o preço aumentou em média em cerca de três cêntimos”, lê-se num comunicado.

Citando dados da Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), a CAP considera ser “incompreensível que se assista exatamente ao contrário do que tinha sido assegurado” e refere que “em momento algum” foi referida alguma diferenciação da descida do ISP em função da atividade económica.

A CAP exige ao Governo a “descida real e efetiva de 20 cêntimos por litro” e a implementação de um sistema que permita “um desconto imediato e efetivo no ato de pagamento, fazendo o Estado posteriormente um acerto de contas com os revendedores”.

A confederação considera também que o aumento no preço do gasóleo agrícola representa “uma manifesta falta de reconhecimento pela atividade que os agricultores desenvolvem”, acusando o Governo de lucrar com o aumento dos preços nos combustíveis. Para a CAP, Portugal perde competitividade face a Espanha desta maneira, visto que o país vizinho implementou “medidas transparentes e descomplicadas” para assegurar uma fatura reduzida no preço dos combustíveis para todos.

Na quarta-feira, a Associação Portuguesa De Empresas Petrolíferas (Apetro) lamentou que os valores anunciados pelo Governo não tenham tido em conta a subida do preço do petróleo nos mercados internacionais e considerou injusta para o setor a “suspeição implícita” nas palavras do primeiro-ministro, António Costa, quando este apelou aos portugueses para que confirmem os valores na fatura depois de abastecerem. Por sua vez, a ERSE não detetou “abusos das margens” das gasolineiras.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CAP acusa Governo de não cumprir promessa de descida de 20 cêntimos no ISP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião