Generali alcança posição maioritária em 2 seguradoras na Índia

  • ECO Seguros
  • 11 Maio 2022

Seguradora italiana reforçou até ao limite a participação acionista que detém em duas companhias companhias indianas. É o primeiro grupo internacional a usar a nova prerrogativa legal nos seguros.

O grupo Generali, com operação na Ásia desde 1975, onde serve cerca de 5 milhões de clientes distribuídos por 8 mercados da região, completou a aquisição de 25% de Future Generali India Insurance (FGII), alcançando assim o limite de 74% autorizado pelo governo indiano (desde 2021) às entidades internacionais que são acionistas de companhias locais.

A seguradora italiana refere que já obteve as autorizações regulatórias e, segundo a agência Reuters, vai pagar 145 milhões de euros pelos 25% adquiridos ao grupo Future Enterprises Limited, parceiro local na joint venture que opera em não Vida (P&C), elevando assim aos 74% a sua participação na FGII.

Em março último, a Generali completou transação similar, tornando-se igualmente acionista maioritária no capital da Future Generali India Life Insurance (FGILI) ao comprar a totalidade dos 16% que o Industrial Investment Trust Limited detinha nesta companhia do ramo Vida. Após esta operação, o grupo italiano passou a controlar 68% e poderá ainda reforçar para 71% no capital da FGILI até final de 2022, segundo comunicado.

Assumindo o controlo acionista nestas duas sociedades conjuntas, a seguradora italiana emerge como a primeira entidade internacional a beneficiar em pleno da lei indiana que, em 2021, elevou o limite máximo de participação estrangeira no setor segurador, dos 49% permitidos até então, para 74% do capital das operadoras indianas.

Ainda, segundo explica a companhia italiana, estes investimentos no mercado indiano estão alinhados com a estratégia definida no plano “Lifetime Partner 24: Driving Growth,” de reforçar a posição do grupo em mercados de crescimento acelerado.

Em outro comunicado, a Generali Asia confirma a nomeação de Bruce de Boize como Managing Director e CEO da companhia indiana do ramo Vida (FGILI). Bruce acumula mais de 30 anos de experiência na indústria de seguros e, mais recentemente, esteve cinco anos baseado na filial em Hong Kong com responsabilidade pelas operações de distribuição da Generali no conjunto de países da região (China, Hong Kong, Tailândia, Indonésia, Índia, Vietname, Malásia e Filipinas).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Generali alcança posição maioritária em 2 seguradoras na Índia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião